Lorenzo Pazolini diz a Aepes que seu gabinete será o refúgio do Policial Civil na Assembleia Legislativa

Por AEPES 03/09/2018

O delegado Lorenzo Pazolini, candidato a deputado estadual pelo Partido Republicano Progressista (PRP) com o número 44444 esteve na sede administrativa da Associação dos Escrivães de Polícia do Espírito Santo na última semana e, na ocasião, além de ter conhecido a entidade afirmou que sendo eleito seu gabinete será o refúgio do Policial Civil na Assembleia Legislativa.

Lorenzo Pazolini e sua comitiva foi recebido pelo vice-presidente da Aepes, Clóvis José Ferreira Guioto que expôs para o candidato a militância da entidade e a atual realidade dos Escrivães de Polícia. Em resposta, o candidato deixou claro que uma das suas propostas de trabalho será a valorização profissional. 

“Nosso mandato será pautado pela luta intransigente visando à valorização dos profissionais de segurança pública. Seremos a voz dos agentes de segurança na ALES. Buscaremos o constante aprimoramento e reconhecimento destes profissionais. Nosso gabinete será a casa, o refúgio do policial civil na Assembleia Legislativa. Sempre fomos adeptos do diálogo, visando uma construção coletiva, de muitas mãos”, afirmou Pazonili.

O vice-presidente da Aepes, Clovis Guioto, agradeceu o compromisso do candidato Lorenzo Pazolini ressaltando que o diálogo e a valorização profissional são duas vertentes que precisam ser colocadas em prática. Guioto avaliou a reunião como positiva e afirmou que mais candidatos a cargos públicos estão procurando a entidade neste momento de campanha eleitoral.

Já o candidato a deputado estadual afirmou que o encontro foi de alinhamento de propostas e ideias. “Foi um encontro extremante produtivo onde alinhamos ideias e convergimos entendimentos que certamente serão úteis a toda categoria”.

Na próxima semana mais candidatos se reunirão com os representantes da Aepes. Acompanhe o resumo destes encontros no site e Facebook da entidade.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!
Produção: Assessoria de Imprensa da Aepes.

Por: AEPES 03/09/2018