Academia de Polícia Única no ES é uma das propostas do candidato ao senado Marcos Do Val

Por AEPES 20/09/2018

O candidato ao senado Marcos Do Val com número 234 se reuniu com a diretoria da Aepes na manhã desta quinta-feira (20). Faltando 17 dias para as eleições Do Val foi o sexto candidato recebido pela Associação dos Escrivães e, durante o bate papo se comprometeu com a categoria, os demais profissionais de segurança pública e defendeu a criação de uma Academia de Polícia Unificada e o ciclo completo.

De acordo com o candidato, são vários quesitos que devem ser trabalhados para se fazer uma segurança pública eficaz e disse que o candidato ao governo do Estado, Renato Casagrande, com quem participa dos eventos de campanha tem o propósito de fazer a segurança pública de forma diferenciada no Espírito Santo.

“Foi por isso que ele me chamou e, na época, era para fazer parte do governo dele se fosse eleito, mas a conversa evoluiu e Casagrande achou que seria importante que eu viesse a candidato para que pudesse em Brasília, trazer recursos para o Estado, mudar legislação, conseguir fortalecer o governo dele aqui com essa visão diferenciada. Então eu topei”.

Após aceitar a proposta de Renato Casagrande, Marcos Do Val realizou uma pesquisa através de suas mídias sociais para saber se seus seguidores o queriam como candidato ou como instrutor de segurança e hoje ele conta com seus cabos eleitorais virtuais.

“Eles aceitaram minha candidatura, pois represento o novo. Mas, para me estabilizar na cadeira de senado não foi fácil, principalmente quando Paulo Hartung desistiu da candidatura. Foi uma cadeira muito disputada”, relembra.

A Associação dos Escrivães é uma entidade apartidária, mas o presidente da entidade Thomaz Edson Rigo Altoé afirma que a sociedade precisa de parlamentares que tenham comprometimento da causa não somente da polícia, mas da sociedade em geral.

“Acreditamos na seriedade que Marcos Do Val desempenhará seu trabalho caso seja eleito a senador, na defesa da nossa instituição como um todo. Nós precisamos de apoio em questões nacionais. Quando a instituição cresce de forma igual todos são beneficiados, valorizados e quem ganha é a população”, disse Thomaz. 

Verbas para o Espírito Santo

“Nenhuma emenda de senador veio para a Polícia Civil, para a Polícia Militar ou Corpo de Bombeiros até hoje. Existe uma verba pessoal de emendas de R$ 17 milhões e atualmente existe um discurso de acabar com a pedofilia, com isso e aquilo, mas efetivamente trazer recursos para as polícias nunca teve. Só de estarmos lá e destinarmos esse valor todo ano para o Espírito Santo para fazer projetos na área de segurança pública e para as polícias faremos uma diferença gigantesca”, afirma Marcos Do Val.


Casadinha Do Val/ Contarato

O candidato ao senado Marcos Do Val tem percebido o desejo de mudança nas suas caminhadas políticas nas comunidades. Ele afirma que, em todos os locais por onde passa a população diz que votará nele e no também candidato ao senado, o delegado Fabiano Contarato.

“A onda Contarato/Do Val cresceu bastante nos últimos dias e as pessoas querem o novo e enxergam em mim e no outro candidato ao senado esta novidade, esta mudança efetiva que trará benefícios para a segurança pública do Espírito Santo.  Os capixabas estão cansados de quem já está no poder”, afirmou.

Ainda durante a reunião o candidato Marcos Do Val assinou o compromisso com a Aepes e falou que a sua campanha está sendo realizada por voluntários e que ninguém recebe valor financeiro.  “Não queremos ficar prometendo cargos para depois ficar pesado e nos impedir de realizar um bom trabalho e não tenham pessoas com perfil técnico. A própria caminhada está sendo diferente e não temos verba partidária, mas temos o envolvimento de pessoas que acreditam no nosso ideal”.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!
Produção: Assessoria de Imprensa da Aepes.

 

Por: AEPES 20/09/2018