Aumenta número de pedidos por porte de arma no Espírito Santo

Por AEPES 24/10/2018

De acordo com levantamento feito pela Polícia Federal, o pedido por porte e registro de arma no Espírito Santo aumentou neste ano. Foram 527 solicitações de porte de arma registradas até a última quarta-feira. Destas, 231 foram deferidas.

No ano passado, durante o ano todo, foram 442 pedidos de porte de arma e em 2016, 85. O que significa que em dois anos a busca para ter uma arma aumentou 520%.

Com relação ao registro de novas armas, quando a compra é feita, foram 1.723 pedidos de registros neste ano, sendo 1.543 concedidos. Em 2017, foram 1.059 e em 2016, 380. Então, de 2016 para cá aumentou em 353,4% o registro de novas armas.

Ao todo, existem 1.050 portes de arma de fogo válidos no Estado. A Polícia Federal informou que o trâmite para o registro de uma arma leva em torno de 30 dias, mas o do porte costuma demorar um pouco mais.

Período Eleitoral

Embora a Polícia Federal não tenha um levantamento específico sobre os pedidos de porte e registro de armas durante o período eleitoral, a possibilidade de vitória do presidenciável Jair Bolsonaro, com sua política de facilitar para que cidadãos tenham posse de arma para legítima defesa deve aumentar ainda mais o número de pedidos e registros.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!
Produção: Assessoria de Imprensa da Aepes.

Por: AEPES 24/10/2018