Policiais através da Cobrapol e UPB intensificam contatos em defesa da aposentadoria especial

Por AEPES 10/07/2019

Associações, Sindicatos, Federações, COBRAPOL e a UPB iniciaram a semana em Brasilia para itensificar  os contatos com lideranças e parlamentares na Câmara dos Deputados com o objetivo de defender o Destaque que assegura a aposentadoria policial para as categorias dos profissionais de segurança.

Os dois Destaques que asseguravam a aposentadoria policial, apresentados, respectivamente, pelos deputados Hugo Leal (PSD-RJ) e Léo Moraes (Podemos-RO), foram rejeitados na Comissão Especial que aprovou o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), restando, agora, a alternativa de aprovar a PEC 6/2019 em plenário em dois turnos.

A estratégia, diante dessa situação, é assegurar que um dos dois Destaques seja apresentado em plenário e obter a maioria de votos favoráveis à aposentadoria policial.

Gutierrez, presidente da COBRAPOL reitera: "Na Comissão Especial, nós perdemos uma batalha, mas temos ainda muita estrada pela frente, tanto no plenário da Câmara como no Senado Federal, que tem que apreciar a matéria também em dois turnos. Hoje, nós sabemos quem efetivamente está do lado da segurança pública, do lado dos policiais, dos que entendem a nossa realidade e o elevado risco que envolve nossa profissão, o que justifica um direito à aposentadoria diferenciada e não um privilégio”, argumentou Gutierrez, acrescentando que “sabemos também quem traiu a nossa confiança, no governo e no Parlamento, e, infelizmente, quem mais vai perder se o nosso pleito não for atendido é a sociedade, pois haverá um grande desestimulo à carreira policial”.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!

Siga-nos no Facebook (facebook.com/aepes.pces) Siga-nos no Instagram (aepes1)

Produção: Assessoria de Imprensa Aepes com informações COBRAPOL.

 

 

Por: AEPES 10/07/2019