Para 69,5% dos brasileiros, falas de Bolsonaro mais atrapalham do que ajudam o governo

Por AEPES 17/09/2019

O Instituto Paraná apresentou nesta terça-feira (17/09) os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Brasil, com o objetivo de consultar à população sobre a forma de comunicação do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

 

Para 69,5% dos entrevistados, o fato de Bolsonaro não medir suas palavras, mais atrapalha o governo do que ajuda. Somente 23,8% das pessoas ouvidas disseram que a “falácia” do Presidente ajuda o governo, enquanto 6,7% não souberam opinar.

Por outro lado, 58,4% dos entrevistados responderam que as declarações do presidente Bolsonaro são de forma proposital. Ou seja, ele “mede muito bem o que fala”. Outros 35,3% responderam que as falas não são propositais, enquanto 6,3% não souberam opinar.

O Instituto Paraná ouviu 2.080 pessoas, entre os dias 11 e 14 de setembro de 2019, nos 26 Estados e Distrito Federal, abrangendo 170 municípios.

Na segunda-feira (16/09), o presidente Bolsonaro deixou o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após 10 dias de internação. Ele já está em Brasília. Bolsonaro foi internado no dia 7 de setembro, e a cirurgia de correção de uma hérnia incisional ocorreu no dia seguinte.

Esta é a quarta vez em que o Presidente se submete a uma cirurgia, desde que sofreu um atentando à faca, no dia 6 de setembro do ano passado, em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!

Siga-nos no Facebook (facebook.com/aepes.pces) Siga-nos no Instagram (aepes1)

Produção:  Assessoria de Imprensa AEPES com informações Instituto Paraná

Por: AEPES 17/09/2019