Profissionais de segurança pública são os preferidos dos deputados estaduais

Por AEPES 19/09/2019

A presença constante de policiais civis, militares e demais profissionais de segurança pública e seus representantes na Assembleia Legislativa está surtindo efeito, pelo menos para despertar a atenção dos deputados para criarem projetos e indicações que atendam as categorias.

Existe na casa a Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado que, além de discutir e propor soluções para a segurança da população, se preocupa na valorização profissional dos trabalhadores que são responsáveis pela segurança dos capixabas.

Um exemplo é a indicação da Comissão aprovada nesta quarta-feira (18) que prevê aumento da cota de combustível para as viaturas da polícia militar, civil e corpo de bombeiros. A Comissão também indicou ao governador Renato Casagrande o aumento do efetivo da 9ª Companhia Independente da Polícia Militar que fica no município de Marataízes e a aquisição de veículos com tração nas quatro rodas para as polícias civil e militar de Rio Novo do Sul e Iconha.

Premiar os policiais civis e militares. Este é o objetivo da indicação do deputado Capitão Assumção que tem o objetivo de gratificar o policial que, em serviço ou fora dele efetuar prisão de indivíduo em flagrante delito, nos moldes do Programa de Incentivo à Atuação Policial. Também de autoria do deputado a indicação ao governo do Estado que contrate profissionais médicos legistas para atuarem no Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim.

Já o deputado Carlos Von indicou ao governo que seja realizado anualmente exame psicológico nas polícias civil e militar do Estado. Estes foram alguns dos projetos e indicações que tramitam na Assembleia Legislativa que atingirão os profissionais de segurança pública.

O esforço dos representantes de classe, sindicatos e associações destes profissionais faz toda a diferença na hora de serem vistos pelos parlamentares.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!

Siga-nos no Facebook (facebook.com/aepes.pces) Siga-nos no Instagram (aepes1)

Produção:  Assessoria de Imprensa AEPES 

Por: AEPES 19/09/2019