Polícia Civil alcança resultado positivo e delegado-geral credita a gestão motivacional

Por AEPES 16/10/2019

O delegado-geral de Polícia Civil do Espírito Santo, José Darcy Santos Arruda, informou sobre a atuação da corporação que realizou de janeiro até 31 de agosto de 2019quase 3 mil operações e prendeu mais de 2.600 pessoas suspeitas de crimes.

O resultado positivo nos oito primeiros meses do ano foi atribuído pelo delegado-geral ao empenho do governo estadual, que reestruturou a Polícia Civil através do Programa Estado Presente.

“Procuramos dar melhores condições de trabalho aos nossos policiais, com o governo Renato Casagrande promovendo grandes investimentos na área tecnológica e adquirindo novas viaturas, armas e outros instrumentos”, disse o delegado Darcy Arruda ao site do Elimar Côrtes.

Ainda segundo José Darcy Arruda, o resultado também é graças a lotação dos policiais nos setores de acordo com o perfil de cada profissional.

“Credito esse resultado também à gestão de governança participativa, que reúne o governador do Estado, secretários, chefia de Polícia, delegados e toda a equipe. Nossos policiais estão engajados e comprometidos com resultados”, continuou o delegado-geral de Polícia Civil.

O presidente da AEPES, Thomaz Edson Rigo Altoé afirma, em nome da categoria, que os Policiais Civis estão satisfeitos com a atual gestão da corporação, tendo a frente o delegado José Darcy Arruda, mas esperam que o governo reconheça os profissionais pelos bons serviços prestados apesar das dificuldades estruturais que enfrentam.

“O reconhecimento se dará pela reposição salarial que há anos não é feita. O poder aquisitivo dos Policiais Civis vem caindo ano após ano e há muitos endividados, com dificuldades para manter a família”, afirma.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!

Siga-nos no Facebook (facebook.com/aepes.pces) Siga-nos no Instagram (aepes1)

Produçao Assessoria de Imprensa Aepes com informações Elimar Côrtes.

Por: AEPES 16/10/2019