Aepes e Cobrapol na luta pela aposentadoria dos Policiais Civis do Brasil

Por AEPES 12/02/2020

O presidente da Aepes, Thomaz Edson Rigo Altoé está em Brasília onde percorre a Câmara Federal e visita os gabinetes dos parlamentares juntamente com representantes da Cobrapol, Sindipol e de organizações sindicais de todo o Brasil. A comitiva dos representantes dos Policiais Civis buscam apoio para reduzir os impactos da Reforma da Previdência para a categoria.

A comitiva trata a PEC 133/19 (PEC pararela da Reforma da Previdência) com os parlamentares e propõea eles alterações para minimizar as mudanças negativas da Reforma previdenciária para os Policiais Civisma e pedem garantia constitucional para que os profissionais tenham o mesmo tratamento assegurado aos policiais militares.

"Os Policiais Civis devem ser valorizados diante de todo o trabalho realizado para manter a paz e a ordem na sociedade e, por isso, queremos minimizar, ao máximo, os danos que a nossa categoria teve na aposentadoria e também queremos igualdade com a polícia militar neste sentido. Estamos lutando pelo direito de uma aposentadoria justa e digna e não cansaremos. O apoio dos parlamentares é fundamental neste momento. Não podemos deixar que as reformas estaduais ameacem a nossa aposentadoria". afirma Thomaz. 

A PEC 133 já foi aprovada no Senado Federal e, hoje, está em tramitação na Câmara dos Deputados. Por isso, os dirigentes sindicais estão indo aos gabinetes dos parlamentares buscar apoio.

Fortaleça a sua classe. Associe-se!

Siga-nos no Facebook (facebook.com/aepes.pces) Siga-nos no Instagram (aepes1)

Produção: Assessoria de Imprensa da Aepes 

 

 

Por: AEPES 12/02/2020